Calendário Maia - Ciclo de 819 dias


Ciclo de 819 dias

O ciclo de 819 dias é um ciclo que torna mais evidente a intenção de ciclos maiores que servem para sincronizar ciclos "primários", uma vez que 7 x 9 x 13 = 819. Então, a princípio, entende-se que 819 é a combinação desses três ciclos: 7, 9 e 13 dias.

Sabemos que o ciclo de 13 dias é relativo à trezena, que é parte do calendário ritual, e também às treze divisões do "céu" (dos planos que estão "acima" da Terra), enquanto o 9 é atribuído ao ciclo noturno que corre de forma independente, e também aos planos inferiores ou de trevas (que estão "abaixo" da Terra). Já no que se refere ao ciclo de 7 dias, sabemos apenas que equivale a um quarto de um mês do ciclo de 364 dias (7 x 4 = 28) e que há uma possível relação entre o ciclo de 7 dias e as 7 cavernas de origem. Dessa maneira, também há suposições de que o ciclo de 7 dias represente também o plano terrestre, situando-se entre os planos representados pelos ciclos de 13 dias e de 9 noites. Assim, o ciclo de 7 dias representaria os deuses da terra.

Quando utilizamos apenas os ciclos de 13 e de 9 dias, percebemos que eles se sincronizam a cada 117 dias. Notem que 117 dias (arredondados) equivalem a um ciclo de revolução sinódica de Mercúrio (uma volta aparente vista da Terra). Sendo assim, o ciclo de 819 dias equivale a 7 ciclos de 117 dias, ou 7 ciclos sinódicos (aproximados) de Mercúrio.

Por outro lado, 13 x 7 = 91, apontando uma possível relação com o ciclo "zodiacal", o ciclo de 364 dias, pois 91 x 4 = 364. Como o excedente entre 728 (dois ciclos de 364 dias) e 819 é de 91 dias, esses dois ciclos (de 819 dias e de 364 dias) se combinam a cada 4 ciclos de 819 dias ou 9 ciclos de 364 dias, 3276 dias. Além disso, o ciclo de 819 dias equivale a

· (3x260) + (3x13) = 780 + 39

Cada ciclo de 819 dias é marcado por um dos 20 glifos do calendário ritual (ciclo de 260 dias) associado SEMPRE ao número 1. Graças à progressão matemática propiciada pelo número 39 - 1 x 20 (+ 19) ou 2 x 20 (- 1) - os glifos marcadores sempre vão "de trás pra frente", mas mantendo a mesma posição na trezena (ciclo de 13 dias que é parte do calendário sagrado), uma vez que 39 é um múltiplo de treze. Ou seja, se estivermos no ciclo de 819 dias marcado pelo 14º glifo, o Jaguar, o próximo ciclo de 819 dias será marcado pelo 13º glifo, Junco, seguindo para Erva (12º glifo), Macaco (11º), Cachorro, Água, etc, e só voltará ao mesmo glifo após 20 ciclos de 819 dias (20 x 819 = 16380 dias).

VOLTAR