Calendário Maia - Calendário Sagrado - Tzolkin


6 (Seis)

Nome Calendário Maia Yukateko (técnico): Wak
Nome Calendário Maia Yukateko (popular): Uak
Nome Calendário Maia K’iche’: Waqib’
Nome Calendário Asteca: Chikuace/Chikuase

NOTA: As informações contidas nesta página são oriundas de publicações e documentos selecionados. Privilegiamos fontes acadêmicas e nativas por compromisso ético. Não recomendamos qualquer uso descontextualizado do conteúdo.


Número seis
Número seis.

Representação antropomorfa do número seis
Representação antropomorfa
do número seis.

NA EPIGRAFIA:
Segundo John Montgomery, o número seis, em sua versão antropomorfa, representa uma entidade identificada por um contorno abaixo dos olhos e um machado infixado no lugar da pupila. Geralmente pode incluir um laço ou cacho na cabeça e também um dente frontal em formato de “T” invertido.

NA ETNOGRAFIA:
No calendário maia K’iche’ de Nawalja’, os conceitos relacionados ao número Waqib’ (seis) são Pajab’al, algo que se coloca em uma balança; le nima’, le chuti’; o grande, o pequeno; u k’ux: coração de algo; wa’lij saxij, levantar, erigir.

VOLTAR