Calendário Maia - Calendário Sagrado - Tzolkin


Águia

Nome Calendário Maia Yukateko (técnico): Men
Nome Calendário Maia Yukateko (popular): Men
Nome Calendário Maia Ch’ol: Men
Nome Calendário Maia K’iche’: Tzi’kin
Nome Calendário Mexica/Nahua (Asteca): Cuauhtli
Nome Calendário Zapoteca: Naa

Conhecido como Águia ou "Sábio".

NOTA: As informações contidas nesta página são oriundas de publicações e documentos selecionados. Privilegiamos fontes acadêmicas e nativas por compromisso ético. Não recomendamos qualquer uso descontextualizado do conteúdo.


Tzi'kin

SIGNIFICADO DO GLIFO:
O glifo simboliza a cabeça da águia. A parte superior, a audácia. As linhas verticais são as penas atrás da cabeça.

NA EPIGRAFIA:
De acordo com John Montgomery, o glifo trata-se da cabeça de um ser sobrenatural não identificado. Inclui um contorno quadrado abaixo do olho, um nariz ou focinho parecido com um bico e ocasionalmente um maxilar distinto.

Para David Stuart, é a Ave. O décimo quinto dia é “águia” na maioria das línguas mesoamericanas, contudo o nome maia nas terras altas, Tzik’in, que significa “ave” ou “passáro”, é mais genérico. O glifo desse dia maia parece representar a cabeça de uma figura mitológica aviária conhecida como “principal deidade ave”, um importante criador que tinha quatro aspectos relacionados às direções. O nome Men, encontrado na língua Yukateka, pode relacionar-se à palavra que significa “fazer”, “criar”.

EM DOCUMENTO MAIA CONTEMPORÂNEO:
Literalmente economia. Símbolo de bem-estar e desenvolvimento econômico. Dia para cumprir compromissos de negócios, fazer negociações econômicas ou financeiras, para melhorar tanto no sentido humano quanto material. Significa pássaro guardião de todas as terras da área maia, a liberdade, o mensageiro, o tesouro, a sorte e o dinheiro. Dia propício para intermediar qualquer coisa. Concebido no dia Kej (Manik’), seu destino é representado pelo dia Aq’ab’al (Akb’al).

VOLTAR