Calendário Maia - Calendário Sagrado - Tzolkin


Jaguar

Nome Calendário Maia Yukateko (técnico): Ix
Nome Calendário Maia Yukateko (popular): Ix
Nome Calendário Maia Ch’ol: Ix
Nome Calendário Maia K’iche’: I’x ou Balam
Nome Calendário Mexica/Nahua (Asteca): Ocelotl
Nome Calendário Zapoteca: Eche

Conhecido como Jaguar ou Tigre.

NOTA: As informações contidas nesta página são oriundas de publicações e documentos selecionados. Privilegiamos fontes acadêmicas e nativas por compromisso ético. Não recomendamos qualquer uso descontextualizado do conteúdo.


Ix

SIGNIFICADO DO GLIFO:
O glifo significa o coração da terra (Uk’u’x Ulew), a reprodução feminina, a cabeça de um jaguar, a imagem de um jaguar e os pontos desse mapa do mundo.

NA EPIGRAFIA:
De acordo com John Montgomery, o glifo inclui uma área de franja sobre um trio de pontos que algumas vezes são tracejados. Em certos dialetos maias, jix significa “jaguar”, e funciona como o equivalente ao nome K’iche’ do dia, Balam ou “jaguar”. Portanto, esses três círculos podem representar as marcas do jaguar, contudo alternativamente a franja pode servir como cílios com os pontos representando o cintilar de um olho.

Para David Stuart, trata-se definitivamente do jaguar. O dia é “jaguar” por todas as línguas mesoamericanas. A palavra comum para “jaguar” em línguas maias é Bahlam, mas hiix era evidentemente um termo variante também usado para gatos grandes com pintas.

EM DOCUMENTO MAIA CONTEMPORÂNEO:
Literalmente energia vital. Símbolo de vitalidade, energia e natureza. Num sentido filosófico denota espaço, tempo e movimento que unem o homem à natureza. É o dia da natureza e das ciências naturais. É o jaguar ou o tigre, a energia feminina e felina. Representa o altar maia. Esse dia traz uma força especial para mudar qualquer aspecto negativo. Este dia foi engendrado sob o glifo Kame (Kimi) e seu destino corresponde ao dia Iq’ (Ik’).

VOLTAR