Calendário Maia - Calendário Sagrado - Tzolkin


Terra/Movimento

Nome Calendário Maia Yukateko (técnico): Kab’an
Nome Calendário Maia Yukateko (popular): Caban
Nome Calendário Maia Ch’ol: Tzanab’
Nome Calendário Maia K’iche’: No’j
Nome Calendário Mexica/Nahua (Asteca): Ollin
Nome Calendário Zapoteca: Xoo

Conhecido como Terra, Movimento, Força, Terremoto (A força da terra em movimento).

NOTA: As informações contidas nesta página são oriundas de publicações e documentos selecionados. Privilegiamos fontes acadêmicas e nativas por compromisso ético. Não recomendamos qualquer uso descontextualizado do conteúdo.


Noj

SIGNIFICADO DO GLIFO:
Simboliza o saber. A figura ao centro representa o cérebro e os pontos significam o desenvolvimento humano.

NA EPIGRAFIA:
De acordo com John Montgomery, simboliza a “terra”. Normalmente chamado de glifo “terra”. Tem semicírculos e uma linha cacheada que lembra um sinal de “interrogação” suspenso na parte de cima. Similar às características que identificam a deusa da terra associada ao número 11.

Para David Stuart, seu glifo corresponde exatamente ao glifo que significa “terra”, kab, e este parece ter sido seu significado básico entre os maias. Pode ter tido um sentido mais específico de “terremoto”, como sugerido pelos nomes desse dia em outras línguas mesoamericanas.

EM DOCUMENTO MAIA CONTEMPORÂNEO:
Literalmente ideia, conhecimento, sabedoria. Símbolo de criatividade, inovação e competência, unidas à visão do futuro. Dia para desenvolver ideias e projetos inovadores. Simboliza o movimento do céu e da terra. É um nawal engendrado sob um dia Toj (Muluk) e seu destino é atrelado ao glifo Kan (Chikchan).

VOLTAR